Tag: aleitamento materno

autoexame

Autoexame de Mamas

O autoexame, costuma ser um dos primeiros exames usado na descoberta de nódulos e tumores, por isso,  é muito importante a mulher desenvolver o ato de se tocar, de se auto examinar para que qualquer mudança nas mamas, seja percebida logo no início.

Lembre-se de que 80% dos nódulos mamários são benignos e apenas uma pequena porcentagem de secreções está relacionada ao câncer. 

Read More
Desmame natural, é desmame com amor

Desmame natural, é desmame com amor

O desmame natural pode ser um processo demorado ou não, tudo irá depender se o bebê estará pronto para vivenciar este processo. Além disso, não é só o bebê que precisa estar preparado, a mãe também precisa, e é essencial que ela esteja convicta de que também quer vivenciar este momento. Neste instante, ela precisa estar tranquila para concretizar o desmame natural sem pressa e sem preocupações.

Read More
Como posso aumentar a produção do leite materno?

Aumentar a produção do leite materno, é possível?

Aumentar a ingestão de leite: Isso acontece quando aumentamos a frequência das mamadas, quanto mais o bebê mamar, mais leite seu corpo vai produzir. Tente sempre ficar atenta aos sinais de fome do bebê e entenda que a produção de leite funciona sob a demanda de oferta e procura, quando mais o bebê vir ao peito, mais leite você vai ter, amamente em livre demanda durante o dia e também durante a noite, durante a noite o nosso corpo apresenta um aumento de prolactina, e isso ajudará muito no aumento da sua produção.

Read More
intolerância a lactose e alergia à APLV

Qual a diferença entre intolerância a lactose e APLV?

Antes de explicar a diferença entre intolerância a lactose e a alergia à proteína do leite de vaca (APLV) precisamos entender alguns conceitos.

A ingestão de alimentos ou aditivos alimentares, podem desencadear diversas reações adversas no organismo humano. Estas reações podem ser classificadas em tóxicas e não tóxicas. As tóxicas, dependem exclusivamente da substância ingerida (alimentos contaminados) ou das propriedades farmacológicas de alguns alimentos (cafeína no café e tiramina em queijos maturados). Já as reações não tóxicas, dependem da suscetibilidade do indivíduo e podem ser classificadas em dois grupos, aquelas que não dependem do sistema imune vamos chamar de intolerância alimentar e aquelas que geram uma resposta imunológica vamos chamar de alergia alimentar.

Read More